fbpx

Consórcio Automotivo


Ao longo dos últimos 50 anos o sistema de consórcios permitiu que milhões de
pessoas adquirissem bens e serviços que tanto desejavam.
Escolha seu plano, e seja você o próximo contemplado.

Consórcio Automotivo


Ao longo dos últimos 50 anos o sistema de consórcios permitiu que milhões de
pessoas adquirissem bens e serviços que tanto desejavam.
Escolha seu plano, e seja você o próximo contemplado.

O que é Consórcio?


O sistema de consórcio é uma modalidade de compra cooperada, inteligente e econômica. Em todo o consórcio, sempre existe um grupo de pessoas que desejam possuir um determinado produto ou serviço, denominado bem, mas que ou não possuem naquele momento todo o valor necessário para comprá-lo ou preferem adquirir de forma programada, ou ainda veem neste sistema uma interessante alternativa de investimento disfarçado de dívida.

O que é Consórcio?


O sistema de consórcio é uma modalidade de compra cooperada, inteligente e econômica. Em todo o consórcio, sempre existe um grupo de pessoas que desejam possuir um determinado produto ou serviço, denominado bem, mas que ou não possuem naquele momento todo o valor necessário para comprá-lo ou preferem adquirir de forma programada, ou ainda veem neste sistema uma interessante alternativa de investimento disfarçado de dívida.

1. Administradora

A Administradora de Consórcios é responsável pela organização e administração do sistema, fazendo com que os participantes alcancem seu objetivo, de acordo com normas estabelecidas pela legislação e pelo contrato firmado com a Administradora, e assim receber seu bem dentro do prazo e das condições estabelecidas.

Simpala Consórcios, a Administradora feita para você!

2. Consorciado
É a pessoa física ou jurídica que integra o grupo como titular de cota numericamente identificada. Assumindo a obrigação de contribuir para o atendimento integral dos objetivos coletivos do grupo.
3. Grupo de consórcio
É a união de um grupo de pessoas físicas ou jurídicas, reunidas pela administradora. Com prazo de duração e número de cotas previamente determinados, com finalidade de proporcionar a seus integrantes a aquisição de bem por meio de autofinanciamento.
4. Cota
Representa a participação do consorciado no grupo e é identificada por um número determinado na adesão do consórcio.
5. Bem
É o objeto do plano e é referenciado na proposta de adesão. O bem pode ser um automóvel, motocicleta, caminhão, etc.
6. Parcela

Valor pago mensalmente, correspondente à soma do Fundo Comum, Fundo de Reserva, Taxa de Administração e Seguro (se contratado), além dos encargos previstos em contrato.

O cliente da Simpala Consórcios pode optar em pagar a parcela integral (100%) ou parcela reduzida (75%) até a contemplação ou metade do grupo (o que ocorrer primeiro).

7. Fundo Comum
É o valor pago pelo consorciado para formar o fundo destinado a compra dos bens.
8. Fundo de Reserva

É uma taxa cobrada mensalmente e este valor poderá ser utilizado para:
- Cobertura de eventual insuficiência dos recursos do Fundo Comum;
- Cobertura de inadimplência de prestações de consorciados contemplados;
- Pagamento de despesas e custos de medidas judiciais ou extrajudiciais;
- Pagamento do seguro de quebra de garantia.

O saldo desta taxa existente no término do grupo será devolvido proporcionalmente aos participantes que não tenham sidos excluídos ou não sejam desistentes.

9. Taxa de Administração
É a remuneração que a administradora cobra para constituir, organizar e administrar grupos de consórcios. A taxa de administração é fixada pela Administradora na abertura do grupo e mencionada na proposta de adesão. O consorciado pagará a taxa de administração mensalmente de acordo com percentual estabelecido na abertura do grupo, diluído na parcela do consorciado conforme a duração do grupo.
10. Seguro Prestamista (ou seguro de vida em grupo)

É o seguro de vida, com cobertura de morte ou invalidez total permanente por acidente, e serve para garantir a quitação dos compromissos assumidos pelo consorciado com a administradora no caso de sua falta.

O valor desta taxa é de 0.084% ao mês sobre o saldo devedor do consorciado, junto à Administradora de Consórcios.

11. Pagamentos

A primeira parcela deverá ser paga pelo consorciado no momento do fechamento da venda. As parcelas seguintes poderão ser pagas por boleto bancário que será enviado mensalmente ao consorciado, ou por meio de débito automático, somente nos bancos Banrisul e Santander.

Estas parcelas deverão ser pagas até a data do vencimento, diretamente nos bancos conveniados com o sistema de compensação nacional. Após a data de vencimento, o pagamento poderá ser feito em até 28 dias.

Em virtude de não recebimento ou problemas com o boleto, o cliente poderá entrar em contato com a administradora e solicitar uma 2ª via do boleto por e-mail, ou emiti- la na área do cliente, no site ou na administradora.

IMPORTANTE: O pagamento após a data de vencimento, não dará direito ao consorciado de participar do sorteio daquele determinado mês.

12. Assembleias (AGO)

Assembleia Geral Ordinária: O grupo será considerado constituído na data da primeira Assembleia Geral Ordinária, convocada pela Administradora, observando que a convocação será feita depois de assegurada a viabilidade econômico-financeira do grupo, com a existência de recursos suficientes para entrega do bem de maior valor do grupo.

Assembleia Mensal: É obrigatória e destina-se à apreciação de contas prestadas pela administradora e a realização de contemplações por sorteio e/ou lances.

13. Contemplação
É a atribuição ao consorciado do direito de utilizar o crédito que ficará a sua disposição para aquisição do bem, assim como para a restituição das parcelas pagas no caso dos consorciados excluídos.
14. Sorteio
Modalidade de contemplação, onde concorrerão sem exceção, todos os consorciados não contemplados que efetuarem o pagamento de suas parcelas até a data de vencimento, exceto aqueles que optarem por não participar do sorteio. O sorteio está condicionado ao saldo de caixa do grupo.
15. Lance
Modalidade de contemplação, onde será vencedor o consorciado que ofertar o maior número de parcelas. Independente do valor em dinheiro, o lance deverá ser pago sempre pelo valor da parcela integral, e com prazo de 48h para efetuar o pagamento.
16. Lance embutido

Do lance ofertado, o consorciado poderá utilizar parte do crédito contratado pelo pagamento do lance ofertado e o restante deverá ser pago com seus próprios recursos.

Hoje a Simpala Consórcios têm grupos com lance embutido de 30%, 50% e 70% do lance ofertado.

17. Carta de Crédito
Documento que a administradora disponibiliza ao consorciado contemplado após o cumprimento das exigências cadastrais e de garantias pré-estabelecidas em contrato.
18. Alienação Fiduciária
É um tipo de garantia em que o bem fica em garantia, em face de uma divida existente com o credor. Tão logo quitada esta divida, o bem ficará livre de ônus.
19. Fiscalização

Atualmente quem regulamenta e fiscaliza as atividades das administradoras de consórcios no país é o Banco Central do Brasil (BACEN). Existem também entidades da classe que congregam as administradoras, como:

SINAC - Sindicato Nacional das Administradoras de Consórcios, que representa as Administradoras perante os demais sindicatos dos empregados.
ABAC - Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios, fundada em 1967,sendo um elo entre as administradoras de consórcios, Banco Central do Brasil, consumidores e a sociedade em geral.